Cotidiano

Trabalhadores precisam anexar holerite ou CNPJ para vacinar, alerta Sesau

Em dia de vacinação para trabalhadores da indústria, locais formaram fila em Campo Grande

Dayene Paz Publicado em 25/06/2021, às 09h00

None
Drive do Albano Franco é um dos pontos de vacinação em Campo Grande - Divulgação

Campo Grande ampliou o público de vacinação contra Covid-19 e, nesta sexta-feira (25), recebem a primeira dose trabalhadores industriais a partir de 25 anos de idade e qualquer pessoa com 45 anos ou mais. No caso de trabalhadores industriais, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) alerta que é necessário, durante o cadastro, o anexo de documentos que comprovem o vínculo empregatício, como holerite ou CNPJ da empresa.

O cadastro prévio, no site da prefeitura, é uma orientação para que as pessoas evitem filas e aglomerações nos locais. O acesso é pelo site: http://vacina.campogrande.ms.gov.br.

A aplicação da 2ª dose segue para pessoas que tomaram a primeira dose de Coronavac até o dia 10 de junho e quem tomou a primeira dose de Astrazeneca até dia 25 de abril também devem procurar os locais de imunização para receber a dose de reforço.

No caso dos trabalhadores industriais, é necessário observar se o ramo em que a pessoa atua está relacionado no CNAE e possui CNPJ cadastrado. A vacinação não abrange profissionais autônomos.

Jornal Midiamax