Cotidiano

Toque de recolher em Campo Grande pode passar para às 21 horas

Depende do Prosseguir

Diego Alves Publicado em 27/04/2021, às 19h49

None
(Foto: Divulgação/Arquivo)

Toque de recolher em Campo Grande pode mudar para às 21 horas ainda nesta semana, conforme resultado de reunião do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia), do Governo do Estado na próxima quinta-feira (29).

"Estaremos fazendo reunião extraordinária nesta quinta-feira através do Prosseguir para deliberar este assunto", disse o secretário de Governo, Sérgio Murilo. 

Campo Grande está na bandeira cinza, considerado de 'risco extremo', com isso, é determinado toque de recolher nestes casos das 20h às 5h.
O prefeito Marquinhos Trad (PSD) pediu ao governo estadual relaxamento da regra nos dias que antecedem o Dia das Mães, estabelecendo o toque de recolher das 22h às 5h.

Em 3 de abril, a Campo Grande estava na bandeira vermelha, que é risco alto de contaminação, com restrição das 21h às 5h. No último 14 de abril, a Capital voltou para a bandeira cinza, onde estará, pelo até menos, até esta quarta-feira (28), quando novo mapa do Prosseguir será divulgado. O documento do Governo do Estado determina se as cidades podem ou não adotar decretos mais flexíveis

Jornal Midiamax