Cotidiano

Sobe para 73 o número de cidades de MS que vacinam idosos a partir de 80 anos

Em MS, 73 cidades já começaram a imunizar idosos a partir de 80 anos contra o coronavírus. O número aumentou 30% em menos de uma semana.

Dândara Genelhú Publicado em 11/02/2021, às 17h26

Foto: Leonardo de França | Midiamax.
Foto: Leonardo de França | Midiamax. - Foto: Leonardo de França | Midiamax.

Até esta quinta-feira (11), 73 cidades de Mato Grosso do Sul já começaram a imunizar idosos a partir de 80 anos contra o coronavírus. O número aumentou 30% em menos de uma semana. Há seis dias, apenas 56 municípios haviam iniciado a vacinação nesta faixa etária.

Ou seja, das 23 cidades que ainda não haviam começado a imunizar idosos com 80 anos ou mais, 17 passaram a aplicar a primeira dose na faixa etária nos últimos seis dias. Então, os seis municípios que ainda não incluíram a faixa etária como prioridade são: Caarapó, Coronel Sapucaia, Douradina, Dourados, Eldorado e Novo Horizonte do Sul.

De acordo com o vacinômetro, 7.252 idosos já receberam pelo menos a primeira dose de alguma vacina contra a Covid-19. Este número representa 10% do total deste estimado deste público, que é 72.279. Se considerado os 90% considerados como meta, que são 65.051, o percentual sobe para 11%.

A reportagem utilizou microdados disponibilizados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Os municípios aplicam a Coronavac, produzida pelo Instituto Buntantan com parceria do laboratório Sinovac; e a Astrazeneca, de produção da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) com a Universidade de Oxford.

Assim, 72 municípios estão utilizando a Coronavac para imunizar os idosos a partir de 80 anos. Por consequência, o imunizante possui mais doses aplicadas entre a faixa etária, são 6.665 até esta quinta-feira (11).

A vacina de Oxford já começou a ser aplicada em idosos de 22 municípios de MS. São 587 doses distribuídas entre a faixa etária. Por fim, nenhuma cidade do Estado iniciou a aplicação da segunda dose em pessoas com 80 anos ou mais.

Jornal Midiamax