Cotidiano

Só uma empresa é classificada em credenciamento de clínicas veterinárias para castração

Resultado ainda pode ser questionado no prazo de cinco dias

Mayara Bueno Publicado em 04/08/2021, às 11h26 - Atualizado às 11h51

Cãozinho que 'procurava' um lar; imagem ilustrativa.
Cãozinho que 'procurava' um lar; imagem ilustrativa. - (Foto: Deyvid Guimarães).

Credenciamento de empresas para castração de cães e gatos classificou apenas uma clínica. É a Pet Shop Amor em Pet, de acordo com o resultado divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) — outras duas aparecem como inabilitadas. Contudo, há prazo de cinco dias para eventual contestação.

De acordo com documento divulgado no Portal da Transparência, foram desclassificadas a NJ Clínica Veterinária Popular Vet e Lima & Trezfger. A sessão na qual as empresas manifestaram interesse foi aberta em 20 de julho.

Apesar de apenas uma clínica ser classificada, segundo o edital, o credenciamento permanecerá aberto por 12 meses. "Possibilitando que a qualquer momento as empresas apresentem as documentações necessárias para se credenciarem".

Segundo divulgado anteriormente, o projeto pretende fazer 600 procedimentos de castração por mês, que serão divididos entre cães, 150 machos e 150 fêmeas, e gatos com o mesmo número previsto.

No edital, a Subea (Subsecretaria Municipal do Bem-Estar Animal de Campo Grande) afirma que é de "vital importância a abertura de novas vagas para tais procedimentos, no que se refere à espécie felina, para que seja possível a complementação tão necessária para controle reprodutivo de gatos no município. Com relação à espécie canina, efetivar a criação de vagas para castração de cães machos e fêmeas, tão necessária como ferramenta para diminuir o abandono destes animais".

A empresa, cuja classificação foi divulgada nesta quarta-feira, não foi contratada ainda, uma vez que o credenciamento está em fase de recurso.

Jornal Midiamax