Cotidiano

SES distribui 105 mil doses contra Covid desta quinta-feira para todos os 79 municípios de MS

Cidades vão receber doses da Janssen, Coronavac e Pfizer

Dândara Genelhú Publicado em 24/06/2021, às 17h27

Vacinas da Janssen são de aplicação única.
Vacinas da Janssen são de aplicação única. - Foto: Leonardo de França | Midiamax

Nesta quinta-feira (24), Mato Grosso do Sul recebe 105.090 doses contra Covid-19. Estes carregamentos de vacinas serão distribuídos pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) aos 79 municípios de MS.

A decisão foi tomada em reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite). Desta forma, todos os municípios do Estado vão receber doses da Pfizer, Coronavac e Janssen de forma proporcional. Doses da Janssen e Coronavac já estão em MS e as da Pfizer chegam no início desta noite.

São 48.600 doses da Coronavac, 37.440 doses da Pfizer e 19.050 doses Janssen. Todas elas serão enviadas aos municípios nesta sexta-feira (25), a partir das 7h. De acordo com a SES, os municípios irão retirar as respectivas doses na Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica. A quantidade de doses que cada cidade recebe será publicada em em DOE (Diário Oficial do Estado).

Como serão usadas as vacinas

Segundo a SES, 48.600 doses da vacina Coronavac devem ser utilizadas para D1 e D2. Assim, os municípios devem armazenar a segunda dose (D2) da vacina Coronavac para garantir o prazo do reforço de quem for vacinado com a primeira aplicação desta remessa.

Já as 37.440 doses da Pfizer, possuem recomendação para serem utilizadas todas em D1. E os vacinados com a Janssen recebem apenas uma dose, pois o imunizante é de aplicação única.

A resolução CIB define que os municípios utilizem 70% das doses para continuar a vacinação por faixa etária, em ordem decrescente. Após imunização de todos a partir de 18 anos, adolescentes acima de 12 anos com comorbidades podem ser vacinados. Os outros 30% das doses vão para continuidade da imunização dos 28 grupos prioritários definidos pelo PNI (Programa Nacional de Imunização).

Vacinação na fronteira

Com a confirmação do recebimento de 150 mil doses extras da vacina contra covid da Janssen, Mato Grosso do Sul vai iniciar a imunização em massa de 13 municípios da fronteira a partir da semana que vem.

A vacina americana é de aplicação única e será utilizada para estudo epidemiológico conduzido pelo médico infectologista e pesquisador da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Júlio Croda. O estudo será realizado pelo grupo Vebra Covid da Fiocruz (capitaneado por Croda), com apoio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e das universidades dos Estados Unidos de Stanford, Yale e Miami.

O especialista explicou que todos acima de 18 anos que ainda não foram vacinados com outros imunizantes receberão dose da Janssen. "O objetivo é que [a vacinação] ocorra de forma rápida para ver o impacto da vacina em relação a imunidade coletiva para que possamos avaliar comparativamente. São 13 municípios [da fronteira] que vamos comparar pré e pós vacinação em termos de número de casos e óbitos com outros 13 municípios similares", detalhou.

Jornal Midiamax