‘Salto’ de empresa investigada seguiu a ascensão de ex-secretário de Reinaldo. Leia no Midiamax Diário

Max Limp viu valor de contratos aumentarem 2.400% após chegar ao Governo do Estado; empresa é alvo da Operação Clean
| 15/07/2021
- 11:00
‘Salto’ de empresa investigada seguiu a ascensão de ex-secretário de Reinaldo. Leia no Midiamax Diário
Edição impressa é distribuída gratuitamente em terminais de ônibus e em mais de 40 pontos da cidade - Reprodução

A edição 2.196 do Midiamax Diário traz como manchete o registro de que a Max Limp, empresa que pertence à advogada do ex-secretário de Administração do Governo , Carlos Alberto de Assis, registrou um avanço considerável nos contratos que fechou justamente nessa gestão da SAD-MS. Em comparação com outros contratos com entes públicos, a evolução chegou a 2.400%.

A Max Limp está na mira da Operação Clean, que apura crimes como fraude e corrupção em contrato com o poder público.

Também nesta edição, reportagens mostram o avanço de obras em diferentes regiões da Capital. Nas Moreninhas, a expectativa é com o novo acesso a partir da Avenida Rita Vieira de Andrade; enquanto a Nova Campo Grande ganhará uma rotatória para facilitar o acesso ao Polo Empresarial Oeste.

A versão impressa do ainda destaca a divisão entre a população sobre a possibilidade de, com 80% da população imunizada contra o novo coronavírus, a exigência de máscaras ser derrubada; e trata do segundo achado de uma ossada na área que seria um “cemitério” do PCC no Jardim Santo Eugênio.

Distribuído gratuitamente nos terminais de ônibus e em mais de 40 pontos na periferia de Campo Grande, o Midiamax Diário também pode ser acessado na banca virtual Issuu. Confira abaixo a versão digital da edição desta quinta-feira (15).

Veja também

Moradores presenciaram acidentem e relatam perigo em estrada vicinal

Últimas notícias