Cotidiano

Regras continuam? Com ‘boom' de festas, saiba o que pode ou não em Campo Grande

Mesmo sem restrição de horário e com eventos liberados, confira quais normas devem ser seguidas

Mylena Rocha Publicado em 08/09/2021, às 14h14

Festas podem ser realizadas, mas não está tudo liberado. Confira as regras.
Festas podem ser realizadas, mas não está tudo liberado. Confira as regras. - Ilustrativa/Arquivo Midiamax

Diante da queda nos números da pandemia, algumas regras para estabelecimentos foram flexibilizadas e o comércio vive a experiência de uma retomada econômica em Campo Grande. Aos poucos, as pessoas têm resgatado algumas atividades de antes da pandemia, como festas e eventos. Mas, afinal, ainda há regras? 

Mesmo com a liberação para a realização de eventos na Capital, não se engane, não está tudo liberado. A pandemia continua e o coronavírus está presente, por isso as regras de biossegurança ainda estão em vigor. Entre as normas, estão o limite de ocupação nos estabelecimentos e o distanciamento entre os clientes. 

Entre as principais regras para se ter em mente durante um evento está o distanciamento entre as pessoas. A Prefeitura de Campo Grande reforça que há uma determinação para  evitar contato físico com outras pessoas, especialmente caso as mesmas apresentem sintomas como febre, tosse e outros, mantendo-se uma distância mínima de 1,5 metro entre indivíduos. 

As casas noturnas e espaços de eventos devem funcionar com a lotação máxima de 60% da capacidade normal. Além disso, os estabelecimentos devem respeitar o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. Para eventos onde há necessidade de mesas, como casamentos e formaturas, é preciso respeitar a distância de 2 metros entre as mesas. 

A Prefeitura de Campo Grande reforça que as normas de biossegurança para os estabelecimentos, determinadas em resolução da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), continuam valendo. Entre as normas, estão algumas medidas já conhecidas e amplamente adotadas nos estabelecimentos em Campo Grande, como a instalação de dispensers de álcool em gel. 

As casas noturnas e de eventos ainda devem manter o distanciamento também nas filas de entrada e nos banheiros, com funcionários designados para fiscalizar o cumprimento da medida. Também é preciso criar mecanismos de controle de acesso e saída do público de forma que não haja aglomerações no início e no término do evento.

Preciso usar máscaras nas festas? 

Para quem começou a frequentar festas e eventos, é comum ver registros nas redes sociais de pessoas celebrando sem a máscara no rosto. Para algumas pessoas, pode até parecer que está tudo liberado, mas a máscara continua obrigatória sim! 

Conforme resolução da Semadur, é obrigatório o uso de máscaras durante todo o período de permanência no estabelecimento, inclusive pelos funcionários e colaboradores. O uso de máscaras será dispensado apenas durante o consumo de alimentos.

Festas clandestinas: fiscalização continua

Como os cuidados para evitar a transmissão do coronavírus continuam, a fiscalização também não parou em Campo Grande. O coordenador da Vigilância já explicou que, mesmo sem o toque de recolher, as regras continuam, inclusive com plano de biossegurança para os estabelecimentos.

“A fiscalização quanto ao cumprimento dos cuidados, como distanciamento, uso de máscaras, álcool em gel, evitar aglomerações, continuam valendo e sendo fiscalizados”, reforçou.

Jornal Midiamax