Protesto contra preço da gasolina reúne poucos motoristas em Campo Grande

Grupo de motoristas promoveu manifestação no fim da tarde desta sexta-feira (12), na Afonso Pena, em Campo Grande, para cobrar o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para que o ICMS sobre a gasolina seja reduzido. O imposto em MS é considerado um dos maiores do Brasil. Após período de concentração perto da Igreja Perpétuo Socorro na […]
| 12/03/2021
- 22:22
Protesto contra preço da gasolina reúne poucos motoristas em Campo Grande
Foto: Leonardo de França, Midiamax - Foto: Leonardo de França, Midiamax

Grupo de motoristas promoveu manifestação no fim da tarde desta sexta-feira (12), na Afonso Pena, em Campo Grande, para cobrar o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para que o ICMS sobre a seja reduzido. O imposto em MS é considerado um dos maiores do Brasil.

Após período de concentração perto da Igreja Perpétuo Socorro na Afonso Pena, o grupo saiu em carreata e promoveu bunizaço em direção ao Parque dos Poderes.

Conforme um dos organizadores, Rafael Talhano, de 29 anos, a intenção da manifestação é fazer com que os moradores também se revoltem e expressem a insatisfação com o imposto no estado. “Em um momento de pandemia como esse, o Governo pode ceder, não só a população”, disse.

O motorista comentou da ação movida pela OAB-MS para apurar a inconstitucionalidade do aumento no combustível e expressou a revolta com o imposto. “Como usuário do transporte me sinto lesado”, comentou.

Protesto contra preço da gasolina reúne poucos motoristas em Campo Grande
Rafael | Foto: de França

Wellington Idno, de 23 anos, é motorista de aplicativo e disse que nos últimos tempos não tem conseguido se manter com os lucros das plataformas, pois com a gasolina em alta, as arrecadações ficam mínimas.

“Vivemos altas cargas tributárias. Nosso combustível vem aumentando a nível nacional e em janeiro o Estado foi o que mais arrecadou. Não houve ação para mitigar esses problemas”, afirmou.

Representando o MLB, Lucas Santos, de 23 anos, disse que o objetivo das manifestações e protestos dos motoristas é reduzir o ICMS em 10%. “Vamos sair daqui e ir até em frente ao MPMS. Na semana que vem vamos divulgar a população de onde o Governo pode tirar esse dinheiro para poder reduzir o valor do imposto”, comentou. Em abril, o grupo organiza um ‘bibicletaço’ para cobrar Governo Estadual.

Veja também

O Sampaio Corrêa segue invicto no Estádio Castelão, em São Luís (MA), pela Série B...

Últimas notícias