Cotidiano

Projeto seleciona 5 projetos voltados à educação para receber aporte de R$ 200 mil

Inscrições podem ser feitas até 10 de setembro

Gabriel Maymone Publicado em 02/08/2021, às 12h41

Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa - Divulgação

O Instituto MRV abriu inscrições para a 8ª edição do Educar para Transformar, que irá selecionar 5 projetos para receber aporte financeiro no valor de R$ 200 mil, capacitações e acompanhamento por dois anos. O programa busca iniciativas de Organizações da Sociedade Civil que atuem em parceria com escolas das redes públicas de ensino fundamental II e médio e que fortaleçam a educação, estimulando aprendizados e mudanças culturais em seus públicos diretos e indiretos.

As capacitações e treinamentos contemplam comunicação, gestão, pessoas, comercial e social. Também serão disponibilizados os conteúdos do Instituto iungo, para auxílio no desenvolvimento dos professores, além de consultorias individuais e em grupo.

Os projetos devem desenvolver suas atividades com os professores, que aplicarão o conhecimento adquirido para os estudantes. Estes, por sua vez, serão protagonistas de um projeto que solucionará alguma problemática da escola ou da comunidade a qual pertencem.

“Estamos em busca de boas ideias e projetos que sejam aplicáveis. A pandemia trouxe diversos desafios para todos os setores, sobretudo para a educação. Por isso, nós, do Instituto MRV, vamos apoiar iniciativas que impactem positivamente o ambiente escolar, promovendo a escola como comunidade de aprendizagem, com o objetivo de fortalecer o interesse dos jovens pelo conhecimento e as práticas pedagógicas dos professores por meio das Metodologias Ativas, que destaca o estudante como protagonista do seu próprio aprendizado”, explica Eduardo Fischer, presidente do Instituto MRV.

As inscrições estarão abertas de 2 de agosto a 10 de setembro e podem ser feitas aqui. Cada proposta será avaliada de acordo com critérios exigidos no edital por uma comissão formada pelos voluntários do Instituto MRV. Posteriormente, as propostas mais bem avaliadas são publicadas para uma votação popular, permitindo que os idealizadores mobilizem suas redes e comunidades a participarem da escolha do que melhor as representa. Por fim, as propostas mais bem votadas participam do Educar para Transformar.

Até 2020, as 7 edições do programa já tiveram 3.699 propostas inscritas, 46 projetos vencedores, 54 mil beneficiados diretamente, mais de R$ 3,2 milhões investidos.

Jornal Midiamax