Um CFC (Centro de Formação de Condutores), localizado na rua 13 de maio, foi proibido de contratar novos alunos, após receber uma segunda notificação do Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul) na sexta-feira (19).

De acordo com o Procon/MS, o local já havia sido autuado há 15 dias e foi novamente notificado na sexta, após o órgão estadual receber diversas denúncias de clientes.

Na nova visita, foi constatado que o CFC não praticava a comunicação essencial, demorava na prestação de serviços previamente pagos e acordados, tinha vantagem manifestamente excessiva, praticava precificação imprecisa e publicidade enganosa.

Com isso, o CFC teve suas atividades suspensas e foi proibido de assinar novos contratos com futuros clientes, sejam eles para qualquer categoria de CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Par reabrir as portas, o estabelecimento deverá apresentar documentos que comprovem o cumprimento das exigências que possibilitam a prestação regular dos serviços acordados.