Prefeitura inicia obra da última estação de embarque do corredor de ônibus da Brilhante

Polêmicos, pontos são última fase antes da implantação da faixa exclusiva para transporte público em Campo Grande
| 05/11/2021
- 14:22
Prefeitura retomou obras das estações de embarque no corredor de ônibus da Brilhante
Prefeitura retomou obras das estações de embarque no corredor de ônibus da Brilhante - Marcos Ermínio / Midiamax

A prefeitura de Campo Grande retomou a construção da 4ª e última estação de embarque do corredor de ônibus que será instalado na Rua Brilhante. Apesar da obra, o chamado corredor sudoeste do município ainda não tem prazo para iniciar o funcionamento.

Os polêmicos pontos localizados no lado esquerdo da via fazem parte do projeto de mobilidade urbana de Campo Grande, que prevê a implantação de corredores exclusivos de ônibus em vias consideradas 'peças-chave' no itinerário do transporte coletivo do município como a rua Bahia, avenida Marechal Deodoro, avenida Calógeras, rua Rui Barbosa.

O corredor inicia na Rua Guia Lopes, segue pela Brilhante e continua na Avenida Marechal Deodoro, passando pelos terminais Bandeirantes e Aero Rancho. Ao longo da Avenida Marechal Deodoro também estão sendo construídas estações de embarque de passageiros no canteiro central da via.

Outros corredores

A Rua Bahia, primeira etapa do Corredor Norte já está recapeada. O Corredor Norte, vai ligar o Centro da cidade, a partir do cruzamento com a , aos terminais General Osório e Nova Bahia.

Está sendo preparada a segunda etapa do Corredor Sul,  programada para a Avenida Calógeras, que será recapeada em toda sua extensão, obra orçada em R$ 9,2 milhões. Além da faixa exclusiva de ônibus, o projeto contempla uma ciclovia no trecho entre a Avenida Afonso Pena e a Avenida Salgado Filho.

A revitalização da rua Rui Barbosa prevê a implantação da faixa do corredor exclusivo de ônibus entre as avenidas Fernando Correia da Costa e a Avenida Mato Grosso, além de uma estação de embarque. 

Os corredores de transporte estão previstos no plano municipal de mobilidade urbana em vigor desde 2015.  São 69 quilômetros de pistas exclusivas para os ônibus trafegarem entre os terminais Guaicurus, Morenão (Região Sul da cidade), General Osório e Nova Bahia (Região Norte), passando pelo Centro da cidade. O corredor sudoeste ligará o terminal Aero Rancho ao Centro. 

Segundo os técnicos da (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), com as pistas exclusivas, os ônibus deixam de disputar espaço no trânsito com os demais veículos, com isto a expectativa é aumentar em até 62% a velocidade média (de 16 para 25 km/h) dos coletivos. O resultado será tempo de espera menor para o usuário, sem necessidade de aumentar a frota, o que encarece o custo final da tarifa.

Veja também

A expectativa em torno da inflação nos Estados Unidos interrompeu a sequência de três quedas...

Últimas notícias