Cotidiano

PIS-PASEP: saiba como consultar se tem direito a receber até R$ 1,1 mil do abono salarial

Previsão é de que haja dois pagamentos em 2022

Gabriel Maymone Publicado em 19/04/2021, às 12h30

PIS é pago a trabalhador do setor privado e PASEP para servidores públicos
PIS é pago a trabalhador do setor privado e PASEP para servidores públicos - Divulgação

Com o pagamento do PIS-PASEP 2021 suspenso, muitos brasileiros ficam em dúvida sobre prazos para recebimento de até R$ 1,1 mil, apesar do governo já ter anunciado novo prazo. Para otimizar o atendimento, foram criados os aplicativos BB Pasep e Caixa Trabalhador.

O PIS é o abono pago a trabalhadores de empresas privadas e é feito pela Caixa Econômica Federal. Já o Pasep é destinado a servidores públicos, que recebem através do Banco do Brasil.

Muitos estão com dúvida sobre as datas de pagamento após o governo anunciar o adiamento do calendário de pagamentos 2021. Dessa forma, o cidadão pode consultar datas de pagamento e valores.

Inicialmente, a previsão era iniciar os pagamentos a partir de junho, mas a necessidade de reorganizar o Orçamento da União fez com que o governo federal decidisse adiar o pagamento para 2022.

Ainda não há uma confirmação sobre nova data de pagamento, Mas, a previsão da equipe econômica federal é de que o benefício seja concedido a partir de fevereiro de 2022. As informações concedidas até o momento dão a entender que de haverá a liberação de dois abonos salariais no mesmo ano, sendo eles referentes ao ano base de 2020 e 2021.

Assim, haverá dois cálculos distintos: um para quem trabalhou em 2020 e outro para o ano base de 2021. Além disso, o cidadão precisa ainda:

  • Ter tido um ganho máximo dois salários mínimos por mês, durante o período em exercício
  • O trabalhador também precisa estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos, e a empresa deve ter informado os dados do empregado de forma correta ao governo brasileiro.

Valor do PIS-PASEP

Logo, o cálculo é feito da seguinte forma. O trabalhador precisa contar os meses trabalhados e dividir o salário mínimo vigente - que em 2021 é de R$ 1.100 pelo tempo de trabalho. Veja a tabela a seguir conforme os meses de serviço:

Proporção (meses trabalhados)Valor
1R$ 92,00
2R$ 184,00
3R$ 275,00
4R$ 367,00
5R$ 459,00
6R$ 550,00
7R$ 642,00
8R$ 734,00
9R$ 825,00
10R$ 917,00
11R$ 1.009,00
12R$ 1.100,00
Jornal Midiamax