Cotidiano

Pioneiro na agricultura de MS, morre Olímpio Perondi aos 93 anos

Empresário morreu de causas naturais

Fábio Oruê Publicado em 30/04/2021, às 17h32

Olímpio Perondi deixou legado para MS
Olímpio Perondi deixou legado para MS - Foto: Divulgação/ Sebrae/ Arquivo pessoal

Mato Grosso do Sul se despede nesta sexta-feira (30) do empresário Olímpio Perondi, que tinha 93 anos e morreu de causas natuais, por conta da idade avançada. Perondi chegou em MS na década de 60 e se tornou pioneiro no ramo da agricultura. 

Quando chegou no Estado, instalou-se na região de Dourados e em pouco tempo fundou a Cerealista Matosul Ltda. Que chegou a ser a maior arrecadadora de ICMS.

Nos últimos anos, Perondi vinha se dedicondo à pecuária e a construção de imóveis comerciais. O empresário fundou fazendas de pecuária de corte nos municípios de Ribas do Rio Pardo e Jaraguari, que hoje são administradas pelo filho, Nelson Perondi, com o apoio da neta, Tábitha Perondi.

Para os que ficam, ele deixou um legado de trabalho, dedicação e austeridade, conforme os amigos. 

Perondi ao lado do filho e da neta, ainda pequena. (Foto: Divulgação/ Sebrae/ Arquivo pessoal)

Jornal Midiamax