Cotidiano

Para cada idoso que morreu de Covid-19 em MS, 77 já foram vacinados contra a doença

Para cada morte de idoso em Mato Grosso do Sul, 77,6 foram vacinados contra a Covid-19 até esta quarta-feira (3). 

Dândara Genelhú Publicado em 04/03/2021, às 08h13 - Atualizado às 15h14

Vacinação da enfermeira Flávia Crispini marcou início da campanha em Campo Grande. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)
Vacinação da enfermeira Flávia Crispini marcou início da campanha em Campo Grande. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax) - Vacinação da enfermeira Flávia Crispini marcou início da campanha em Campo Grande. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Em Mato Grosso do Sul, o coronavírus é mais letal para pessoas com 60 anos ou mais. Assim, idosos são prioritários na vacinação contra a Covid-19. Para cada morte de idoso no Estado, 77,6 foram imunizados contra a doença até esta quarta-feira (3).

Então, são 95.762 idosos vacinados no total em MS. Para a reportagem, foram considerados apenas os que não estão institucionalizados, ou seja, morando em asilos. Até o momento, foi aberta a vacinação apenas para pessoas a partir de 75 anos no Estado.

De acordo com os microdados disponibilizados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), existem 1.233 óbitos de idosos com 75 anos ou mais. Com isso, o número de vacinados desta faixa etária é 77 vezes maior do que o de mortes causadas por coronavírus.

Vacinados por faixa etária

O painel do Vacinômetro é dividido entre imunizados a partir de 80 anos e de 75 a 79 anos. Assim, são 32.876 pessoas com 80 anos ou mais vacinadas no Estado. Destas, 6.393 já receberam a segunda dose do imunizante. Então, 59,53% deste público-alvo da primeira fase já recebeu pelo menos a primeira dose da vacina.

Já os idosos a partir de 75 anos até 79, apenas 2.886 foram vacinados. Destes, 12 estão com a imunização completa, após aplicação do reforço da vacina. Com isso, 7,43% deste grupo foi imunizado contra a Covid-19.

Isto porque a SES recomendou a vacinação deste público somente com a chegada da quinta remessa de vacinas. Foi recomendado que apenas municípios com doses remanescentes iniciassem a vacinação de idosos com idade de 75 a 79 anos.

Jornal Midiamax