Cotidiano

Pai realiza parto da própria filha dentro do carro do chefe no Centro de Campo Grande

O plano era ir até a maternidade, mas Pérola 'não foi informada' e decidiu vir ao mundo um pouco antes

Gabriel Neves, Dayene Paz Publicado em 22/04/2021, às 07h42 - Atualizado às 09h56

Pérola nasceu no cruzamento entre as Ruas Rui Barbosa e Calarge.
Pérola nasceu no cruzamento entre as Ruas Rui Barbosa e Calarge. - (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

“Com as pernas tremando até agora”, foi assim que Rodrigo Durval, 26 anos, disse ter ficado após realizar o parto da sua própria filha dentro do carro de seu chefe, na manhã desta quinta-feira (22), no cruzamento entre as Ruas Rui Barbosa e Calarge, em Campo Grande.

De acordo com o pai, ainda chocado com a situação, sua esposa, Anelise Bernardes, 25 anos, começou a sentir fortes contrações ainda na noite desta quarta-feira (21), que aumentaram na manhã de hoje.

Por volta das 6 horas de hoje, o pai conta que ligou para o patrão avisando que o seu filho ia nascer, para que o também amigo pudesse levar o casal até a maternidade Candido Mariano.

Rodrigo Durval realizou o parto da própria filha. (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

“Quando chegou nesse ponto (cruzamento das ruas), ela (bebê) começou a sair, eu tive que pegar ela (esposa), peguei um pano branco e foi tudo muito rápido, quando percebi já estava com ela no meu colo”, comentou Rodrigo. “Ela nasceu bem grandona e saudável”.

André Luiz Coelho Bueno, chefe de Rodrigo, comentou que além da relação de trabalho, os dois são muito amigos, e ainda disse já ter previsto a situação de hoje.

“Há algumas semanas eu havia comentado que a neném estava demorando demais para vir, aí falei que ela ia nascer dentro do meu carro, agora estou chamando meu carro de ostra”, disse André ao fazer um trocadilho com o nome da recém-nascida, que se chamará Perola.

O chefe de Rodrigo conta que tudo aconteceu muito rápido, e a Pérola não quis seguir o plano de levar sua mãe até a maternidade. “Foi tudo muito rápido, não deu tempo de parar, ia tentar chegar na sede dos Bombeiros, mas ela não aguentou então parei na calçada mesmo porque o bebe começou a sair”.

Pérola é a segunda filha de Rodrigo e Analise. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militares foi até o local e atendeu tanto a mãe quanto a bebe, que nasceu com aproximadamente 3kg, agora as duas, apesar de estarem bem e sem nenhum risco, serão encaminhadas ao HU (Hospital Universitário).

Jornal Midiamax