Cotidiano

Órgãos deverão informar acesso de internet em locais de rede gratuita em Campo Grande

Acesso à internet é um direito de todo o cidadão, justifica autor do projeto

Mayara Bueno Publicado em 21/10/2021, às 11h02 - Atualizado às 11h23

Projeto sobre internet foi sancionado nesta quinta-feira
Projeto sobre internet foi sancionado nesta quinta-feira - (Foto: Divulgação, Arquivo)

A partir de agora, órgãos públicos municipais terão de colocar cartazes com informações de acesso à rede de internet, em locais nos quais existir rede gratuita - a cidade tem cerca de 380 pontos gratuitos. A lei, aprovada na Câmara Municipal, foi sancionada pela Prefeitura de Campo Grande, conforme publicação no Diário Oficial nesta quinta-feira (21).

"O acesso à internet é um direito de todo o cidadão. Por isso criamos mecanismos para viabilizar o alcance desta tecnologia, que é tão fundamental nos dias de hoje", defendeu o vereador Otávio Trad (PSD), autor da medida.

No cartaz deverá ser disponibilizado QR-Code com mais informações para a população como: as localidades onde exista internet pública disponível e ferramentas de acessibilidade que facilitem a utilização do serviço.

Em espaço de grande circulação de pessoas e visível aos cidadãos, os informativos devem medir, no mínimo, 297 por 210, 'com escrita legível'. 

Jornal Midiamax