Cotidiano

Onda de frio se intensifica nesta quinta e sensação térmica é de 1°C em Campo Grande

Mato Grosso do Sul pode registrar temperaturas abaixo dos 5°C

Dayene Paz Publicado em 29/07/2021, às 06h18

None
Imagem: Marcos Ermínio

A onda de frio sentida desde nesta quarta-feira (28) em Mato Grosso do Sul, a mais severa de 2021, deve se intensificar nesta quinta-feira (29). Para se ter uma ideia, às 6h30, a sensação térmica era de 1°C em Campo Grande. Hoje, as temperaturas podem ficar abaixo dos 5°C e registrar geada no extremo sul, de acordo com a meteorologia.

Com pouca nebulosidade, as temperaturas caem mais rápido. "A cobertura de nuvens é um importante fator que interfere no aquecimento e no resfriamento do ar durante o dia e também durante a noite, atuando como um regulador da temperatura. Com o céu limpo, as temperaturas tendem a ser menores", explica a coordenadora do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), Valesca Fernandes.

Esse fator também influencia nos níveis de umidade relativa do ar que podem atingir valores críticos entre 30-20% em praticamente todas as áreas de Mato Grosso do Sul. Nestas condições, é necessário aumentar a ingestão de líquidos, umidificar ambientes e redobrar atenção com idosos e crianças.

Vale lembrar que a combinação entre temperatura e velocidade do vento, também chamada de sensação térmica, pode potencializar a percepção de frio na pele.

Na parte centro-sul e leste do Estado as mínimas podem ficar entre 0°C e 5°C no início da manhã, e à tarde devem ficar entre 12°C e 17°C. Já na região norte e pantaneira as mínimas ficam entre 10°C e 13°C, e as máximas entre 17°C e 20°C.

Jornal Midiamax