Cotidiano

Em ano de flexibilizações, mortes no trânsito aumentam 23% em Campo Grande

Número de acidentes também subiu em relação às ocorrências registradas em 2020

Felipe Ribeiro Publicado em 05/08/2021, às 17h40

Após afrouxamento de restrições, óbitos no trânsito aumentam na Capital
Após afrouxamento de restrições, óbitos no trânsito aumentam na Capital - (Foto: Leonardo França/Midiamax)

As mortes em acidentes de trânsito em Campo Grande aumentaram 23% neste ano em comparação com o período de janeiro a julho de 2020. A aumento do número pode ser atribuído ao afrouxamento das medidas de restrição, que permite uma maior quantidade de pessoas trafegando pela cidade.

No ano passado, 26 pessoas morreram no trânsito da Capital, nos primeiros 7 meses do ano. Até julho deste ano, 32 óbitos foram registrados, segundo informações do comandante do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito do Mato Grosso do Sul), tenente-coronel Wellington Klimpel.

Em Campo Grande, mais uma vítima de trânsito perdeu a vida nesta quinta-feira (5). O acidente ocorreu no bairro Rita Vieira e levou à morte do motociclista identificado como Lucas Lino Rodrigues, de 22 anos.

Acidentes de trânsito

Seguindo a mesma tendência, a quantidade de acidentes de trânsito de qualquer natureza, em Campo Grande, sofreu elevação. Nos sete primeiros meses de 2020, 4.951 casos foram registrados pelo BPTran. Neste ano, o número de ocorrências subiu para 5.536 no mesmo período, um aumento de 12%.

Jornal Midiamax