Cotidiano

Mais de 4,2 mil campo-grandenses fazem parte de estudo do IBGE sobre comportamento da covid

Participantes serão testados para identificar presença de anticorpos

Gabriel Maymone Publicado em 18/05/2021, às 09h08

Participantes começam a receber mensagem sobre pesquisa
Participantes começam a receber mensagem sobre pesquisa - Divulgação

Pesquisa do Ministério da Saúde em parceria com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) contará com participação de 4.239 campo-grandenses. No total, o estudo vai contar com a participação de 211.129 brasileiros, em mais de 62 mil domicílios de 274 municípios.

Desde segunda-feira (17), os participantes estão recebendo mensagens via WhatsApp e SMS. Os escolhidos receberão mensagem confirmando a seleção por SMS ou WhatsApp. É importante estar atento: neste contato nenhum dado do selecionado é solicitado. 

Após a mensagem, dias depois, a central ligará para o selecionado e confirmará sua participação. Nesta ligação, a equipe fará uma breve entrevista com o escolhido. Uma vez que o selecionado aceite participar, a central faz o agendamento para a coleta. O coletador irá até a casa do participante com identificação, portanto, não será necessário ir ao laboratório. Antes do procedimento, o selecionado deve assinar um termo de consentimento para a coleta de sangue.

Os participantes do estudo serão testados para identificar a presença de anticorpos do tipo IgG para a Covid-19, apontando quem já foi contaminado ou desenvolveu imunidade após a vacinação. A pesquisa de soroprevalência vai mostrar qual é o comportamento do vírus no Brasil. Os participantes terão acesso ao exame de forma individual. O Ministério da Saúde divulgará os resultados da pesquisa em documentos técnicos e coletivas de imprensa – a previsão de conclusão é para setembro deste ano.

Jornal Midiamax