Cotidiano

Instituições de apoio à mulher se mobilizam em Campo Grande para o Agosto Lilás

Campanha pede consciência pelo combate à violência contra as mulheres na Capital

Mariane Chianezi Publicado em 03/08/2021, às 18h21

None
Divulgação/CMDM

Agosto Lilás chegou com a premissa de proteger mais mulheres em Campo Grande. Campanhas de conscientização já começaram na Capital, a exemplo da atuação maciça do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) juntamente com a BPW-CG (Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais).

Nesta terça-feira (3) as conselheiras do CMDM se reúnem para a gravação de um vídeo em que somam forças para ampliar a divulgação dessa campanha.

“Ainda temos muito preconceito e misoginia na nossa sociedade, por isso temos que procurar fazer o nosso papel, que é pequeno e dentro de uma cidade. Porém, cada ação sempre trará um avanço nas discussões e alertas sobre esse problema (da violência contra a mulher), além de levar conhecimento a mais pessoas com a crença de que teremos um mundo melhor no futuro. Plantando tâmaras, mas plantando”, afirmou a presidente do CMDM, Iacita Azamor Pionti.

Conscientização e empoderamento feminino

A BPW-CG é outra instituição que integra uma grande ação nas redes sociais no país pela conscientização do combate à violência contra a mulher. A Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Campo Grande conta com cerca de 200 associadas e farão, a partir das 9 horas desta quarta-feira (4), a divulgação digital de um vídeo produzido por uma agência de publicidade de Cuiabá (MT) especialmente para a instituição.

De acordo com a coordenadora do Comitê BPW Brasil - Direitos da Mulher e Parcerias e Recursos, Zilda Zompero, a produção audiovisual será lançada em Cannes e também em outros festivais para ampliar a voz de proteção às mulheres vítimas de violência.

“Exercite a empatia. A dor é dor. Seja ela a sua ou da pessoa próxima de você. A BPW Brasil dá seu grito de alerta. Ao escutar a voz aflita de uma mulher, que vem além da sua rua, da sua janela, da sua porta ou do portão, ouça também a voz do seu coração. Tenha sensibilidade. Reaja em favor da vida. Pertenço a uma organização feminina que tem muitas vozes. Eu reajo e você?”

Além de presidente do CMDM, Iacita Azamor Pionti integra a Comissão dos Direitos da Mulher da BPW-CG, juntamente com Ianê Milan, ambas advogadas e integrantes da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais.

Para a presidente da BPW-CG, Maria Helena Bonotto, a luta segue firme em direção à consolidação do empoderamento social e econômico da mulher. “Todas as associadas da BPW no Brasil vão se reunir no ambiente digital para ecoar a mensagem desse vídeo. Vamos representar Campo Grande nessa ação com muito orgulho, na certeza de que as mulheres se sentirão encorajadas e amparadas pelas instituições, como a nossa. Nós somos uma só voz”, finalizou.

Jornal Midiamax