Cotidiano

Idosos que se vacinaram em outras cidades, e moram na Capital, têm que procurar Sesau para 3ª dose

Para tomar o imunizante é preciso a comprovação de que já tomou as duas doses

Diego Alves Publicado em 16/09/2021, às 20h41

Assessoria
Assessoria

Pessoas com mais de 60 anos que tomaram as duas doses da vacina contra covid-19 no interior de Mato Grosso do Sul ou em qualquer outra cidade do País, e que morem em Campo Grande, podem requerer a dose de reforço na Capital. Para tomar o imunizante é preciso a comprovação de que já tomou as duas doses.

Para realizar o requerimento da vacina, é necessário realizar o pedido na sede da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde ), com o comprovante de vacinação em mãos. “A pessoa irá protocolar a requisição, preenchendo um formulário onde ela explica porque precisa que a vacina seja aplicada aqui e comprovar que as duas doses foram aplicadas, através do cartão de vacinação”, explica o secretário, José Mauro Filho.

De acordo com a Sesau, o sistema municipal de lançamento de doses ainda não está conectado diretamente à plataforma nacional, essa é uma maneira de garantir que a pessoa não está recebendo doses da vacina além do necessário, uma vez que irá fazer a checagem das informações no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

“Após o recebimento do formulário, será feita a análise do caso e, comprovada a aplicação das duas doses, o requerente receberá uma ligação informando o local que ele deverá comparecer para tomar a dose de reforço”, completa o secretário.

A estratégia foi adotada para controle de doses, uma vez que o quantitativo total enviado pelo Ministério da Saúde é baseado na população de cada município e estes idosos não estão contabilizados como moradores de Campo Grande.

Para protocolar o requerimento de dose de reforço

Quem necessita requerer a dose de reforço deve ir diretamente à SESAU, na Rua Bahia, número 280. No setor de Protocolo, deverá realizar o requerimento para Solicitação de Terceira Dose, anexando os documentos:

Comprovante de Residência em Campo Grande MS,

Cópia de Documento Pessoal (RG ou CNH),

Cópia da Carteirinha de Vacinação com as informações das Primeiras doses de vacina contra Covid-19,

Número de Telefone de Contato.

Sem esta solicitação, quem tomou as duas doses fora de Campo Grande não receberá o reforço vacinal, mesmo que compareça diretamente a um dos pontos de vacinação da cidade, uma vez que, assim que autorizada, a pessoa será referenciada para um local de imunização específico.

Jornal Midiamax