Cotidiano

Gestantes, puérperas e lactantes podem tomar vacina para covid, diz Ministério da Saúde

Estudos avaliaram riscos de imunização desses grupos

Gabriel Maymone Publicado em 17/04/2021, às 16h19

Gestantes que estiverem nos grupos prioritários podem se vacinar contra covid
Gestantes que estiverem nos grupos prioritários podem se vacinar contra covid - Divulgação

O Ministério da Saúde liberou aplicação de doses de vacina contra covid em gestantes, puérperas - mulheres pós-parto - e lactantes. Em nota emitida na sexta-feira (16), o órgão afirma que a orientação é baseada em "estudos nacionais e internacionais que avaliaram os riscos e os benefícios de imunizar mulheres nessas condições".

Assim, a recomendação é de que as mulheres que fazem parte de algum desses grupoa guardem chegar o grupo prioritário em que estão inseridas para receber a dose.

No caso de gestantes, a pasta orienta que a mulher deve avaliar tomar a dose junto ao médico e, que receba a dose, principalmente, se exerça alguma atividade que a deixe mais exposta à doença.

"As gestantes, puérperas e lactantes, pertencentes aos grupos prioritários, que não concordarem em serem vacinadas, devem ser apoiadas em sua decisão e orientadas a manter medidas de proteção como higiene das mãos, uso de máscaras e distanciamento social", diz o Ministério em nota.

Por fim, o governo esclarece que lactantes que tomarem vacina não precisam interromper o aleitamento materno por conta do imunizante, uma vez que não há evidências de riscos para a saúde do bebê, conforme recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde). A doação de leite materno também é permitida.

Jornal Midiamax