Cotidiano

GCM flagra 442 descumprindo toque de recolher e interdita 4 estabelecimentos na Capital

Blitz fez 160 abordagens durante operação

Fábio Oruê Publicado em 21/06/2021, às 08h54

Estabelecimentos continuam recebendo clientes após horário do toque de recolher
Estabelecimentos continuam recebendo clientes após horário do toque de recolher - Foto: Divulgação/ GCM

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) flagrou 442 pessoas descumprindo o decreto do toque de recolher estando fora de suas casas durante a noite de domingo (20) e madrugada desta segunda (21).

Estas pessoas estavam nas ruas da Capital fora do horário permitido pelo toque de recolher, que vai de 21h até as 5h do dia seguinte. Pessoas que são flagradas fora do horário permitido são abordadas e orientadas a ficar em casa.

Duas operações ocorreram durante a noite e madrugada. Entre 18h e 23h aconteceu a operação integrada entre as forças de fiscalização e segurança da prefeitura, onde 250 pessoas foram abordadas durante o toque de recolher e quatro estabelecimentos (de 270 fiscalizados) foram interditados. 

De 21h até às 5h ocorreu a operação Toque de Recolher, da guarda, onde 192 abordagens foram feitas. Além disso, 15 denúncias de aglomeração foram fiscalizadas e nenhuma festa ou eventos com aglomeração foi constatato pela Guarda, mas oito boletins de ocorrência referente a covid-19 foram registrados.

Durante o período foram 42 estabelecimentos fiscalizados, sendo que em todos os proprietários foram orientados. Conforme dados da Guarda, o número 153 recebeu 232 ligações, sendo que 138 eram sobre descumprimento de medidas de controle ou restrição.

Também foi realizada uma operação no trânsito, da GCM com o Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito, de 20h até 00h.

Ao todo, foram feitas 160 abordagens, sendo 148 carros e 12 motos. Conforme dados da operação, 160 condutores passaram pelo teste do bafômetro, mas cinco se recusaram a fazer.

Segundo balanço, duas pessoas estavam com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencidas há mais de 30 dias e uma desobedeceu a ordem de parada. Quatro carros e uma moto foram apreendidos durante a operação.

Jornal Midiamax