Fiscalização flagra 152 pessoas nas ruas e até igreja aberta após toque de recolher

Número da Guarda recebeu 131 ligações só na quarta-feira
| 15/04/2021
- 13:35
Fiscalização flagra 152 pessoas nas ruas e até igreja aberta após toque de recolher
Guarda Municipal fiscalizou igreja que contava com cerca de 30 fiéis após toque de recolher. - Divulgação/GCM

Mesmo com toque de recolher, a população ainda teima em desrespeitar as medidas contra o coronavírus em Campo Grande. Somente na noite desta quarta-feira (14), a abordou 152 pessoas nas ruas fora do horário permitido. As equipes ainda fiscalizaram 36 estabelecimentos comerciais na Capital, entre eles uma igreja.

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) realizou ações de fiscalização nas sete regiões da Capital: Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo. Ao todo, foram 36 estabelecimentos fiscalizados, mas nenhum foi notificado. Entre as fiscalizações, os guardas estiveram em uma igreja que estava aberta após o horário permitido. Havia cerca de 30 pessoas no local, que foram dispersas.

Durante o toque de recolher, 152 pessoas foram abordadas nas ruas e orientadas a ficar em casa. Conforme dados da GCM, o número 153 recebeu 131 ligações somente na quarta (14), sendo que 11 eram sobre descumprimento de medidas de controle ou restrição.

Também foi realizada uma operação no , da GCM com o Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e Agetran. Ao todo, foram feitas 134 abordagens, sendo 110 carros e 24 motos. Conforme dados da operação, 134 condutores passaram pelo teste do bafômetro, mas quatro recusaram. Segundo balanço, um dos motoristas estava com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida e um estava com CRLV (Certificado de registro e licenciamento de veículo) vencido. 

Veja também

A orientação é para que os condutores e pedestres tenham atenção redobrada

Últimas notícias