Cotidiano

Em Bonito, PMA ganhará nova base de operações orçada em R$ 1,5 milhão

Obras devem começar em setembro de 2021

Ranziel Oliveira Publicado em 23/07/2021, às 15h46

Futura sede da PMA em Bonito
Futura sede da PMA em Bonito - (Foto: Divulgação / PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) construirá uma nova sede na cidade de Bonito, no valor de R$ 1,5 milhão. Após pedidos do comando da PMA, a prefeitura propôs a doação do terreno e foi aprovada pela Câmara Municipal. A área possui 4.000 metros quadrados e está situada no bairro Tarumã, no km zero da rodovia MS 178.

O Comando Geral da Polícia Militar determinou que a seção de projetos confeccionasse o projeto arquitetônico da obra. O moderno projeto ficou com 630 metros quadrados, constituídos de diversas salas, depósitos, bem como auditório amplo e ainda um museu para realização de trabalhos de Educação Ambiental.

Devido à falta de complementação de estruturas do projeto e de engenheiro para acompanhamento da obra, a organização não governamental - IASB (Instituto das Águas da Serra da Bodoquena), que já possui parceria em trabalhos conjuntos de Educação Ambiental com a PMA em Bonito e Corumbá, interveio junto a uma empresa de engenharia, solicitando a possibilidade de o escritório voluntariamente se responsabilizar pela finalização do projeto estrutural, hidrossanitário, elétrico e a readequação do projeto de arquitetura. A empresa aceitou voluntariamente.

O projeto conta com um plano de construção sustentável, com a indicação de materiais ecológicos e sistemas ambientais como: captação de água da chuva, aproveitamento de luz e ventilação natural e tratamento ecológico de esgoto.

A obra, que custará aproximadamente R$ 1,5 milhão, obterá ajuda da prefeitura municipal de Bonito, do comando local, MPE (Ministério Público Estadual), a partir da destinação de recursos dos TACs (Termos de Ajustamentos de Conduta), em acordos provenientes de autuações em crimes e infrações ambientais efetuados pela PMA na região. A previsão de início das obras ficou para o mês de setembro de 2021.

Jornal Midiamax