Cotidiano

Em 24 horas, MS registra 495 novos casos e 22 mortes pelo coronavírus

A taxa de ocupação de leitos de UTI é de 69% no estado

Mariane Chianezi Publicado em 25/07/2021, às 11h54

None
Henrique Arakaki, Midiamax, de arquivo

O boletim epidemiológico divulgado neste domingo (25) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), revelam que no intervalo de 24 horas Mato Grosso do Sul registrou 495 novos casos confirmados de Covid-19 e 22 novas mortes causadas pelo vírus. Neste sábado, a informação era de que, nesse ritmo, o Estado deve encerrar o mês de junho com os menores índices da doença desde o mês de março deste ano.

Conforme o boletim, são 8.838  vidas levadas pelo covonavírus desde o início da pandemia. O total de casos confirmados da doença neste mês de julho até agora chegou a 16.898.

Em comparação ao total de óbitos registrados no mês passado, o segundo pior desde o início da pandemia, julho tem um total de 527 mortes até agora. Só no mês passado foram 1.310 vidas perdidas. Desde o começo da onda do vírus, o pior mês para Mato Grosso do Sul foi abril, com 1.397 óbitos.

Ao todo, o Estado já soma 352.309 casos confirmados pelo Covid-19. Atualmente, são 604 pessoas internadas, 258 em leitos clínicos e 346 em UTI. A taxa de ocupação é 69%, um dos menores índices de internação desde janeiro. 

Vacinação

A melhora nos índices é reflexo do avanço da vacinação em Mato Grosso do Sul. Até o momento, o Estado já tem imunizado com pelo menos a primeira dose 30% da população.

Em Campo Grande, moradores acima de 33 anos já foram contemplados no plano de imunização e mais de 300 mil pessoas já estão totalmente imunizadas. Há três dias, por falta de novas doses, a Capital aplica somente a segunda dose das vacinas Coronavac, Astrazeneca e Pfizer. Neste domingo (25) não haverá vacinação, pois a cidade segue aguardando as novas doses e deverá divulgar calendário da aplicação de dose reforço para esta segunda-feira (26).

Jornal Midiamax