Cotidiano

Dourados distribui 1,5 mil mudas de maracujá e espera safra de 30 toneladas

A intenção é produzir em escala comercial, mesmo nas propriedades de pequeno porte

Danúbia Burema Publicado em 15/05/2021, às 17h21

None
Divulgação

A prefeitura de Dourados distribuiu 1.500 mudas de maracujá cultivadas por cerca de 10 pequenos produtores, por meio da parceria da Semaf (Secretaria Municipal de Agricultura Familiar) com a Embrapa. Intitulado Projeto Maracujá 2021, o programa tem o intuito de produzir até 30 toneladas de frutos, distribuídos em cinco meses de safra, para fomentar as vendas no município. 

“Com a produção das mudas, via Embrapa, o apoio na implantação da cultura, a capacitação e assistência técnica e organização dos produtores, estamos contribuindo para o desenvolvimento do setor hortifruti do município”, destacou o secretário municipal da Agricultura Familiar, Ademar Roque Zanatta. 

Pela parceria, a Semaf seleciona os pequenos produtores para participarem do projeto e a Embrapa fica encarregada de auxiliar na produção do maracujá-azedo. A cultura foi a escolhida devido às condições naturais e recursos hídricos do município. A intenção é produzir em escala comercial, mesmo nas propriedades de pequeno porte.

Coordenador do projeto pela Semaf, o engenheiro agrônomo Guilherme Cardoso Oba explica que o produtor que recebe as mudas precisa cumprir requisitos. “A seleção dos produtores ocorre através do perfil desses, no que tange à aptidão para a atividade e capacidade de investimentos para produção, que envolve a aquisição das sementes para a produção das mudas, o preparo de solo, a correção e adubação de covas, implantação de espaldeiras e sistema de irrigação, além da realização tratos culturais diversos”, detalha.

Jornal Midiamax