Cotidiano

Doação de brinquedos deve garantir alegria no Natal de crianças carentes de MS

No 6º ano de campanha, brinquedos novos e em bom estado de conservação devem ser doados pelos servidores públicos

Renata Volpe Publicado em 23/11/2021, às 11h22

Servidores devem doar brinquedos até dia 10 de dezembro
Servidores devem doar brinquedos até dia 10 de dezembro - Marcos Ermínio, Jornal Midiamax

A pandemia da Covid-19 atrapalhou desde o rico até o mais pobre, mas tem punido a classe mais baixa do país, devido à alta da inflação, ao baixo poder de compra e a falta de empregos. Mas, o Natal das crianças carentes e em situação de vulnerabilidade pode ser garantido com a doação de brinquedos feita pelos servidores públicos de Mato Grosso do Sul.

Foi lançada na manhã desta terça-feira (23) a campanha Divida a Brincadeira, que está na 6ª edição e já arrecadou 53 mil brinquedos.

Presidente da Afra (Associação de Amparo da Região do Anhanduizinho), Luzeni Pinheiro da Fonseca tornou-se vice-presidente do Instituto Jardim de Deus, durante a pandemia da Covid-19. O Instituto atende mais de 70 crianças carentes e contando com a Associação, 200 crianças da região têm amparo da Afra. 

Luzeni afirmou que com a doação de brinquedos, o Natal das crianças será garantido. “É uma forma de ajudar, de levar o amparo, a alegria para essas crianças”.

A presidente da Afra ressaltou que com a pandemia, foi necessário unir forças. “Nos unimos para ajudar com verduras e cestas básicas. Temos projeto de aula de futebol, dança, violão às crianças”.

Segundo a secretária estadual de Administração, Ana Carolina Nardes, a doação pode ser de brinquedo novo ou em bom estado de conservação. “Esses brinquedos serão doados para as crianças de instituições. Precisamos ajudar a minimizar os danos que a pandemia causou”.

Madrinha da campanha, a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja afirmou que deixa a caixa de doação para arrecadar os brinquedos, onde é permitida. “Na academia, na porta do meu prédio, onde me permitem, eu coloco. As crianças nos ensinam a sorrir, a entender que mesmo na dor, a gente pode aprender algo”.

A arrecadação vai até 10 de dezembro.

Jornal Midiamax