Cotidiano

De peixe podre a oferendas, cruzamento no Jardim das Nações é palco de descartes

Local é alvo de peixe podre, sofás, pneus e vários tipos de lixo

Nathália Rabelo Publicado em 15/05/2021, às 15h54

Cinco caixas com peixe podre foram descartadas no bairro
Cinco caixas com peixe podre foram descartadas no bairro - Foto: Arquivo Pessoal

Os moradores do bairro Jardim das Nações, em Campo Grande, amanheceram com uma surpresa desagradável na manhã deste sábado (15). Cinco caixas de isopor com pedaços de peixe podre, desde vísceras até cabeça, foram descartada irregularmente no cruzamento da Rua Oswald de Andrade. Além disso, local também está cheio de lixo.

Thais Franco Sobral Ayala, 36 anos, é professora e passou pelo local por volta de 9h30 da manhã. Ela contou ao Midiamax que o cheiro é tão forte que já atraiu moscas e urubus. Mas não é a primeira vez que isso acontece, já que o ponto é conhecido por ser palco de descartes irregulares de vários tipos de lixo.

[Colocar ALT]
Montade de lixo não é novidade para os moradores (Foto: Arquivo Pessoal)

“Ali sempre foi alvo de lixo, inclusive nesse momento não tem só essas caixas de peixe, tem sacos de roupa, tem madeira, gavetas, já jogaram sofá, pneus de monte, ali sempre foi depósito de lixo. E o pessoal também faz bastante macumba lá, então ali sempre foi problemático”, explicou Thais.

Apesar da prefeitura sempre fazer a limpeza, as pessoas continuam fazendo os descartes na travessa, que fica entre o bairro Jardim das Nações e o Parati.

O presidente do bairro Jardim das Nações, Wanderlei da Silva, 42 anos, também disse que a sujeira incomoda os moradores, que colocaram uma câmera no local.

Suspeito

Imagens dessa câmera de segurança, colocada em um post, mostraram um possível suspeito que tenha feito o descarte das cinco caixas de peixe. Na imagem, o motorista de uma carreta de pequeno porta aparece descendo e depois voltando para o veículo.

Na carroceria, é possível ver várias caixas brancas que se assemelham às de isopor encontradas no chão. Depois, ele vai embora.

Momento em que carreta chega ao local com caixotes na parte traseira (Foto: câmera de segurança/Arquivio Pessoal)

Na imagem, é possível ver motorista descendo do veículo (Foto: câmera de segurança/Arquivio Pessoal)

Jornal Midiamax