Cotidiano

Curso de manipulação de alimentos segue suspenso devido à pandemia

O curso é oferecido pela Vigilância Sanitária de Campo Grande

Mariane Chianezi Publicado em 26/05/2021, às 15h12

None
Divulgação/PMCG

O curso de manipulação de alimentos, oferecido pela Vigilância Sanitária, continua suspenso durante a pandemia provocada pela Covid-19. A interrupção das aulas se deve pelo fato de que o curso acontece somente na modalidade presencial, visto que há a necessidade de acompanhamento do instrutor durante a execução das atividades.

Desde o início do ano, a Vigilância Sanitária optou por suspender completamente o curso, já que a grande procura e redução nas ofertas de vagas – em acordo com as medidas de restrição e combate ao vírus – geravam frustrações e filas no serviço. Em uma das últimas turmas não estavam sendo aceitos alunos com mais de 60 anos ou que pudessem, de alguma forma, fazer parte dos grupos de maiores riscos para a infecção.

“Apesar de ser um serviço essencial para muita gente, não há como corrermos o risco e, ao oferecer o curso, promover a disseminação do vírus, já que é praticamente impossível a higienização adequada de todos os alimentos cada vez que uma pessoa toca neles durante as aulas”, lamenta a superintendente de vigilância em saúde, Veruska Lahdo.

Neste momento ainda não há previsão para a reabertura das inscrições do curso pela Sesau, uma vez que o órgão também se utiliza, em parte de suas turmas, de estruturas cedidas por parceiros, e que podem não possuir as medidas de biosseguranças adequadas ao momento de emergência de saúde pública de importância internacional provocado pelo novo coronavírus.

Jornal Midiamax