Cotidiano

Com 71%, julho foi o mês com menor índice de ocupação das UTIs Covid em MS neste ano

Vacinação avançada no Estado resultou na queda de internações

Dândara Genelhú Publicado em 02/08/2021, às 14h56

Fevereiro é o mês com segundo menor índice de ocupação das UTIs em MS.
Fevereiro é o mês com segundo menor índice de ocupação das UTIs em MS. - Foto: Ilustrativa/ Reprodução.

Julho terminou e registrou 71% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Adulto Público Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Este é o menor índice de lotação dos leitos intensivos para a doença neste ano no Estado.

O último mês em que MS baixou os índices para a casa dos 70% foi em fevereiro, quando 73% dos leitos de UTI estavam ocupados. Os dados são do histórico de ocupação dos leitos, disponibilizado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Em 2 de julho, o Estado começou a vacinação em massa nos municípios de fronteira. Na última sexta-feira (30), a SES divulgou que os casos de Covid-19 caíram em 63% nos municípios de fronteira.

Os resultados de desafogamento do sistema público de saúde são visíveis nas internações, que em junho eram de 103% das UTIs ocupadas e no último mês baixaram para 71%.

MêsOcupação Leitos Clínicos Adulto PúblicoOcupação Leitos UTI Adulto Público
Janeiro/202141%80%
Fevereiro/202134%73%
Março/202163%98%
Abril/202171%102%
Maio/202173%95%
Junho/202175%103%
Julho/202136%71%

Além disto, a SES destacou que o impacto também foi perceptível em outros municípios de MS. A redução nos casos em cidades que não são da fronteira foi de 46,6%.

Assim, a vacinação avançou de forma considerável em todo o MS. Com a imunização contra a Covid-19, independente da vacina tomada, casos graves que necessitam de internação diminuem.

Agosto começou com 62% de ocupação dos leitos de UTI Covid-19. Nesta segunda-feira (2), o Estado registra 64,44% dos leitos intensivos sendo utilizados por pacientes infectados por coronavírus.

Jornal Midiamax