Cotidiano

Com 100 pedidos de resgate de animais por dia, ONGs pedem centro de acolhimento em Campo Grande

Prefeitura anunciou que local deve ser colocado em funcionamento ainda este ano

Gabriel Maymone Publicado em 16/07/2021, às 12h30

Ativistas protestaram com fantasias e cartazes
Ativistas protestaram com fantasias e cartazes - Divulgação

Representantes de ONGs (Organizações Não Governamentais) de proteção animal realizaram protesto, na manhã desta sexta-feira (16), em frente à Câmara Municipal de Campo Grande.

O principal pedido dos protetores de animais é a criação de um centro de acolhimento municipal, que serviria para receber, avaliar, recuperar, reabilitar e destinar animais provenientes de abandono, ação de fiscalização, resgates e entrega voluntária.

Atualmente, as 9 ONGs da Capital recebem, juntas, cerca de 100 pedidos de resgate de animais abandonados por dia. "O Centro de Acolhimento iria ajudar, pois recebemos em média 10 pedidos de resgate por ONG de animais atropelados, com sarna, que teve cria no mato", explica a ativista pela causa animal, Lígida Santos.

Conforme a protetora, todo o trabalho de assistencialismo animal realizado pelas ONGs está no limite.

Hospital veterinário e Centro de Triagem

Conforme a prefeitura de Campo Grande, o Centro de Triagem animal será implementado ainda em 2021. Já o Hospital Veterinário Municipal oferecerá atendimento a animais domésticos para cirurgias de pequena complexidade, como castração e cirurgias de urgência e emergência.

Ambos os projetos devem ser concluídos e colocados em funcionamento ainda este ano.

Jornal Midiamax