Cotidiano

Campo-grandense é multado em R$ 7 mil por queimar troncos e galhadas de árvores de desmatamento

Queima controlada está proibida em Mato Grosso do Sul

Fábio Oruê Publicado em 15/07/2021, às 22h33

Proprietário não tinha licença nem para desmatar e nem para queimar
Proprietário não tinha licença nem para desmatar e nem para queimar - Foto: Divulgação/ PMA

A PMA (Polícia Militar Amibiental) durante fiscalização em propriedade rural em Dois Irmãos do Buriti flagrou uma queimada e multou o proprietário em R$ 7 mil, na tarde de quarta-feira (14). 

De acordo com a PMA, os policias flagraram a queima de restos de arbustos, tocos e galhadas, provenientes de desmatamento de árvores isoladas ainda em andamento em vários pontos, sem autorização ambiental.

A equipe determinou a extinção do fogo, porque, além de não haver licença, foi proibida a queima controlada em Mato Grosso do Sul, inclusive, para quem possuía a licença.

O proprietário do imóvel, de 53 anos, informou à equipe policial que a supressão das árvores era autorizada pelo órgão ambiental competente, porém não havia autorização para a queima.

O infrator, que mora em Campo Grande, foi orientado quanto a proibição da queima, principalmente em épocas de estiagem, devido a velocidade do vento e possível alastramento do fogo para ouras áreas e depois multado.

Jornal Midiamax