Cotidiano

Campo Grande vacinou mais de 17 mil pessoas contra coronavírus no fim de semana

Nesta segunda, Capital inicia vacinação de trabalhadores da saúde com 38 anos ou mais

Mylena Rocha Publicado em 19/04/2021, às 09h45

Capital vacinou, em média, 245 pessoas por hora no fim de semana.
Capital vacinou, em média, 245 pessoas por hora no fim de semana. - Divulgação/PMCG

Campo Grande vacinou mais de 17 mil pessoas contra a Covid-19 neste fim de semana. O município retomou a campanha de imunização na sexta-feira (16), após receber uma nova remessa com doses da vacina. Em média, foram 245 pessoas vacinadas por hora na Capital. 

Dados do sistema Monitora Covid-19 apontam que ao todo foram  17.677 pessoas imunizadas de sexta (16) a domingo (18), entre idosos com 60 anos ou mais e com a segunda dose da vacina Coronavac. 

A Prefeitura de Campo Grande ressalta que nesta segunda-feira (19) a vacinação está aberta para um novo público: trabalhadores da saúde com 38 anos ou mais de clínicas de diagnóstico, laboratórios, farmácias, consultórios, clínicas veterinárias, centros de tratamento oncológico e pequenos hospitais.

Para agilizar o processo de vacinação e evitar filas e aglomeração, é recomendado a realização do cadastro prévio no site. Além de informar todos os dados pessoais, é necessário anexar a cópia de documento comprobatório de vínculo empregatício ou carteirinha do conselho de classe, no caso de profissionais da saúde.

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNI) do Ministério da Saúde, são considerados trabalhadores dos serviços de saúde, todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais.

A vacinação atende tanto os profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, até os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, ou seja, todos aqueles que trabalham nos serviços de saúde.

Jornal Midiamax