Cotidiano

Barreiras sanitárias abordaram 64 mil e identificaram 57 casos suspeitos de coronavírus

As barreiras sanitárias já abordaram mais de 64 mil pessoas em quatro pontos de acesso a Campo Grande. As barreiras foram instaladas como medida para barrar o avanço do coronavírus, todos os motoristas são abordados e orientados sobre a doença. Até o momento, já foram identificados 57 casos suspeitos de coronavírus. Com dados até domingo […]

Mylena Rocha Publicado em 22/03/2021, às 09h46 - Atualizado às 10h22

(Foto: Marcos Ermínio)
(Foto: Marcos Ermínio) - (Foto: Marcos Ermínio)

As barreiras sanitárias já abordaram mais de 64 mil pessoas em quatro pontos de acesso a Campo Grande. As barreiras foram instaladas como medida para barrar o avanço do coronavírus, todos os motoristas são abordados e orientados sobre a doença. Até o momento, já foram identificados 57 casos suspeitos de coronavírus.

Com dados até domingo (21), a Prefeitura de Campo Grande informa que foram contabilizados no total 32.729 veículos e 64.144 pessoas abordadas nos quatro pontos de intervenção. As barreiras sanitárias funcionam também aos finais de semana, das 7h às 17h. As intervenções estão ocorrendo diariamente nas saídas para Cuiabá, Sidrolândia, São Paulo e Três Lagoas, onde há um fluxo maior de veículos vindo dos municípios do interior e de fora do Estado.

Durante os dez dias de operação, foram identificadas 57 pessoas que relataram ou apresentaram sintomas leves, como febre, dor de cabeça e coriza. Todas foram orientadas a procurar um serviço de saúde.

Durante as abordagens é realizada uma triagem prévia de todos os passageiros e motoristas dos veículos que entram na cidade por estes pontos, seguindo protocolo de biossegurança. Posteriormente é feita a desinfecção dos veículos. 

Caso o motorista ou passageiro apresente ou relate algum sintoma suspeito, o mesmo será orientado a procurar imediatamente o serviço de saúde.

Jornal Midiamax