Cotidiano

Bairro de Campo Grande recebe força-tarefa de combate ao Aedes aegypti

Servidores devem atuar no local ao longo da próxima semana

Gabriel Neves Publicado em 17/11/2021, às 10h15

Os agentes devem vistoriar os imóveis residenciais e comerciais
Os agentes devem vistoriar os imóveis residenciais e comerciais - (Foto: Divulgação/Prefeitura Campo Grande)

A região do bairro Nova Lima, em Campo Grande, é alvo de uma força-tarefa de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti — transmissor da dengue, zika e chikungunya. Os servidores da CCEV (Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais) devem atuar no local até o dia 26 de novembro.

Os agentes devem vistoriar os imóveis residenciais e comerciais, além de terrenos baldios, orientando os moradores e fazendo o recolhimento e eliminação dos potenciais criadouros do Aedes aegypti.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, explica que o trabalho é feito de maneira preventiva, com o objetivo de evitar que haja aumento na proliferação e, consequentemente, nas doenças transmitidas pelo mosquito, com a aproximação do período chuvoso.

Dengue em Campo Grande

Nos últimos 11 meses, Campo Grande teve 386 casos confirmados de dengue e dois óbitos provocados pela doença. É o menor número registrado no período dos últimos cinco anos. No mesmo período do ano passado, foram mais de 13 mil casos confirmados e sete óbitos, o que representa uma redução de mais de 95%.

Jornal Midiamax