Cotidiano

Após redução nas interações, cidade de MS passa a remanejar leitos Covid

Ao todo, são 20 leitos Covid que serão recolocados na UTI Geral

Gabriel Neves Publicado em 25/07/2021, às 14h33 - Atualizado às 14h34

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Reprodução)

Com taxa de ocupação de leitos em 61%, o município de Dourados irá realizar o remanejamento de 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid para UTI Geral, a partir desta segunda-feira (26). A medida foi anunciada neste sábado (24).

Como já noticiado pelo Jornal Midiamax, Dourados foi um dos municípios mais afetados pela pandemia em Mato Grosso do Sul, chegando a ter mais de 60 pessoas na lista de espera por uma vaga em um leito de UTI. Hoje, o município já possui 21 vagas disponíveis.

De acordo com a prefeitura, os leitos localizados no Hospital da Vida serão remanejados por dois motivos: o fim do contrato com a empresa que administrava parte dos leitos de UTI Covid, a Intense Care, e a redução de casos.

“Nós estamos no processo de definir os próximos passos da administração desses leitos” declarou a diretora técnica da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), Angela Marin. A medida é considerada pontual e pode durar por até 60 dias.

“Esse prazo de 60 dias será para redefinir alguns pontos da administração dos leitos de UTI Covid. Além disso, nós ainda estamos definindo com a Sems (Secretaria Municipal de Saúde) como ficará o mapa de leitos de UTI Covid para os próximos meses”, explica.

A demanda para leitos de UTI Covid no Hospital da Vida registrou um momento de redução. Ainda segundo a prefeitura, até sexta-feira (23), apenas dois pacientes estavam internados no hospital.

Jornal Midiamax