Cotidiano

Após perder a perna em acidente de moto, Wendes faz vaquinha para comprar prótese

Wendes é azulejista e tenta trabalhar sem a prótese, mas esposa diz que é doloroso para ele

Mariane Chianezi Publicado em 15/07/2021, às 17h35

Wendes sobreviveu a acidente grave de moto e agora conta com a ajuda dos moradores com vaquinha para prótese
Wendes sobreviveu a acidente grave de moto e agora conta com a ajuda dos moradores com vaquinha para prótese - De arquivo pessoal

Wendes Coelho Gonçalves, de 29 anos, ficou entre a vida e a morte após sofrer acidente de moto no dia 19 de maio, em cruzamento da Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande. Com a gravidade do acidente, o azulejista, que estava com a esposa na motocicleta, perdeu a perna direita e após 2 meses se recuperando faz vaquinha para conseguir comprar uma prótese.

[Colocar ALT]
Foto: De arquivo pessoal

Conforme a esposa de Wendes, Silvana Carvalho Coelho, de 36 anos, a situação financeira da família ficou complicada após o acidente. Com o casal vitimado e internado em leito de hospital, não havia como trabalhar e ter uma renda. Silvana relembra os momentos após o acidente.

"Fui socorrida em estado gravíssimo. Eu perfurei pulmão fraturei costelas, 2 vértebras da coluna e dilacerei o fígado. Ele ficou quatro dias em coma. Somos um milagre", define Silvana. Wendes sofreu uma fratura exposta na perna, mas mesmo ferido no acidente, chegou a se arrastar para ir até onde a esposa foi arremedada. "Testemunhas disseram que ele se rastejou e foi até mim para ver se eu estava bem", comentou.

Com a intensidade da lesão na perna, os médicos precisaram amputar parte da perna direita do trabalhador. Agora, recuperado do trauma, o azulejista busca na solidariedade dos moradores para poder comprar uma prótese e voltar a trabalhar efetivamente. Apesar de ainda não ter conseguido, Wendes tenta realizar serviços pontuais para conseguir manter a casa e sustentar os cinco filhos, sendo um bebê.

"Ele está tentando trabalhar sem a prótese, mas é muito difícil e doloroso para ele", comentou a esposa. Para quem quiser contribuir com a vaquinha, basta clicar aqui. A vaquinha da prótese está estimada em R$ 6 mil e até então, a família conseguiu arrecadar R$ 1,6 mil.

Jornal Midiamax