Cotidiano

Após a morte de mãe e doenças, Luiz vive com ajuda de vizinhos e pede doação

Homem não consegue mais trabalhar devido as sequelas de doenças crônicas

Karina Campos Publicado em 16/04/2021, às 10h09 - Atualizado às 10h11

Geladeira do morador.
Geladeira do morador. - (Foto: Leitor Midiamax)

Após a morte da mãe, Luiz Cláudio Ribeiro, de 58 anos, se viu sozinho e sem condições de se sustentar, devido ao acumulo de doenças crônicas, não consegue mais trabalhar e o pedido de auxílio tem sido burocrático. Vizinhos, no bairro Morada Verde, pedem doações de alimentos, para morador que, nesta sexta-feira (16), só tem água e arroz na geladeira.

Segundo a vizinha Maria José dos Santos, sensibilizados com a situação do vizinho, já pediu ajuda à assistente social municipal, mas por conta da pandemia, ainda não houve visita na residência.  

“Nós ajudamos como podemos, a dona da casa ‘emprestou’ a casa para ele ficar, porque nem o dinheiro para um aluguel tem condições. Ela vem ver ele, alimentação nós trazemos um almoço, mas também estamos passando por dificuldades”, disse.

Senhor Luiz conta que já foi diagnosticado com várias doenças, como diabetes e hipertensão. “Eu estou com problemas nas pernas também, não consigo andar direito. Por ser analfabeto também, além das condições de saúde, não consigo emprego”, lamenta.

Para quem dizer ajudar, pode entrar em contato com os telefones (67) 99198-5080 ou (67) 99181-5399.

Jornal Midiamax