Cotidiano

Após morte de ex-primeira-dama por Covid-19, Corumbá decreta luto de três dias

A Prefeitura de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, decretou nesta sexta-feira (12) luto oficial de três dias após a morte da A ex-primeira-dama do Município e ex-secretária da Assistência Social Margarida Brambilla, após não resistir e morrer em decorrência da Covid-19, aos 68 anos. Em nota, o prefeito Marcelo Iunes (PSDB) lamentou a […]

Karina Campos Publicado em 12/02/2021, às 17h11

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá)
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá) - (Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá)

A Prefeitura de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, decretou nesta sexta-feira (12) luto oficial de três dias após a morte da A ex-primeira-dama do Município e ex-secretária da Assistência Social Margarida Brambilla, após não resistir e morrer em decorrência da Covid-19, aos 68 anos.

Em nota, o prefeito Marcelo Iunes (PSDB) lamentou a morte da ex-servidora que atuou na década de 90 no município. O decreto foi publicado na edição do Diário Oficial da cidade hoje.

Dona Margarida, como carinhosamente era conhecida na região, foi casada com o ex-prefeito Eder Moreira Brambilla, que comandou o Executivo municipal de 1997 a 2004. Ela deixa três filhos: Daniel, atual vereador na cidade, Adriana e Luiz Fernando.

Jornal Midiamax