Cotidiano

Aplicativo de celular irá auxiliar no combate às queimadas em Corumbá

Prefeitura e empresa responsável pelo aplicativo se reuniram nesta terça

Ranziel Oliveira Publicado em 27/07/2021, às 13h04

Incêndio em área de vegetação, ilustrativa
Incêndio em área de vegetação, ilustrativa - (Foto: Arquivo / Jornal Midiamax)

A prefeitura de Corumbá está fechando uma parceria com a Brasil Mais Seguro, que irá oferecer um aplicativo de celular para a população indicar a localização dos focos de incêndios florestais no município. Nesta terça-feira (27), o prefeito, Marcelo Iunes, e o vice-prefeito, Dirceu Miguéis Pinto, se reuniram com Fernando Eduardo da Veiga, CEO da empresa responsável, pelo aplicativo.

“É muito importante para a cidade a parceria que já temos com o Governo do Estado no combate às queimadas. Agora, teremos com a Brasil Mais Seguro. A população vai informar diretamente onde está acontecendo a queimada e assim será possível combater com maior rapidez”, disse o prefeito.

Fernando Eduardo da Veiga explicou como vai funcionar o serviço. “No momento que a população passar por qualquer foco de queimada, foco de incêndio, animais feridos ou desmatamento, basta ela clicar no botão, não precisa ligar para lugar algum. Não precisa se identificar, o sistema já manda uma notificação ao painel de controle, que vai ficar no órgão público e a Prefeitura vai saber exatamente a localização e o motivo. Se for um foco de queimada de incêndio tomam-se todas as providências para que o fogo seja logo contido” disse. O aplicativo é gratuito e poderá ser baixado na loja de aplicativo disponível no celular.

“É primordial que a população participe. Esse sistema se completa em duas pontas, uma ponta a população baixando o aplicativo gratuitamente e denunciando quando se deparar com algum sinistro de incêndio, desmatamento ou animal ferido. A outra é a Prefeitura, que recebendo essa notificação toma as providências”, completou o responsável pela empresa que vai disponibilizar serviço digital. O aplicativo está em fase de finalização e o download será liberado posteriormente.

Jornal Midiamax