Cotidiano

Apesar de vacinação avançada, passe gratuito de idosos segue restrito em Campo Grande

O passe de ônibus dos idosos está com limitação há cinco meses após decreto

Mariane Chianezi Publicado em 16/07/2021, às 16h02

None
De arquivo, Midiamax

Após cinco meses desde o decreto que estabelecia medidas para conter o avanço da pandemia, o passe gratuito dos idosos segue com restrição em Campo Grande.Apesar da vacinação avançar na Capital, a Prefeitura Municipal disse que as restrições no passe seguem sem alterações. 

O cartão de gratuidade dos idosos tem funcionado apenas fora dos horários de pico, entre às 9h e 16h. Fora desse período, o cartão é inválido no transporte público. Além disso, o decreto que determina a lotação máxima de 70% da capacidade dos veículos permanece.

"Ressaltamos que o quadro da pandemia ainda exige que sejam adotadas medidas para evitar aglomerações e deslocamentos desnecessários, o uso de máscara e o distanciamento social", pontuou a prefeitura em nota.

Anteriormente, o passe dos idosos já chegou a ser válido apenas nos dias úteis, mas medida precisou ser ajustada posteriormente.

Passe estudantil

Já os cartões de estudantes, também isentos da tarifa, foram liberados para estudantes das redes de ensino que estejam realizando atividades presenciais – amedida estava liberada desde outubro, mas com outras normas.

A utilização do passe de estudante fora do horário e dia de aula será punido administrativamente, aponta o decreto divulgado nesta sexta-feira. Outra regra novamente publicada é da manutenção de janelas abertas nos ônibus e, os que tiverem ar-condicionado ou outro sistema de climatização, deverão funcionar com os equipamentos desativados.

Em cada caso, a solicitação deverá ser feita no Consórcio Guaicurus, concessionária do serviço de transporte coletivo na cidade, pelo telefone 3316-6600.

Jornal Midiamax