Agenda desta quinta dos 122 anos de Campo Grande tem revitalização da antiga rodoviária

Programação do aniversário da Capital também inclui entrega de micro-ônibus e aulão de zumba
| 18/08/2021
- 21:55
Revitalização do antigo terminal rodoviário está na agenda da prefeitura
Revitalização do antigo terminal rodoviário está na agenda da prefeitura - (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Mais um dia de ações da prefeitura será realizado nesta quinta-feira (19) em comemoração aos 122 anos de Campo Grande. Na agenda, há vários pela cidade, como a apresentação das obras para a revitalização do antigo terminal rodoviário da Capital.

Depois de mais de dez anos desativada, a área que integra o Terminal, cerca de 10 mil metros quadrados, será totalmente requalificada por meio do programa Reviva Campo Grande.

Na programação do dia, escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) devem receber parque com pneus feitos por detentos. As instituições que serão contempladas são Nicolau Fragelli, no Bairro São Francisco, e Hilda de Souza Ferreira, no Bairro Coophatrabalho.

Confira abaixo a agenda completa desta quinta:

8h - III Encontro: Arte, Cultura, Educação, Trabalho, Esporte e Direitos Humanos

Local: Plataforma Cultural (Av. Calógeras, 3.015 – Centro)

8h30 - Abertura do Processo Licitatório do Prédio da Antiga Rodoviária e Início das Obras de Requalificação do Entorno

Local: Prédio da antiga rodoviária (Rua Barão do Rio do Branco, Rua Joaquim Nabuco, Rua Dom Aquino, Rua Vasconcelos Fernandes)

9h30 - Lançamento do Projeto Atendimento On-Line REME e entrega dos micro-ônibus

Local: Auditório do Espaço de Formação Lúdio Martins Coelho (Rua Onicieto Severo Monteiro, 460 – Vila Margarida)

14h - Inauguração do Parquinho de Pneus do Projeto Arte com Pneus

Local: Escola Municipal Nicolau Fragelli (Avenida Euler de Azevedo, 116 – Bairro São Francisco)

17h às 22h30 - Aulão Movimenta CG – Aniversário de Campo Grande

Local: Praça Esportiva (Rua Dom Aquino, 2.536 – Centro)

Veja também

Custos com a tonelada saltaram de R$ 1.800 para R$ 5.400 em apenas quatro meses, onerando a vida dos produtores rurais

Últimas notícias