Cotidiano

VÍDEO: Fumaça de incêndio causa revolta em moradores do Jardim Colúmbia, em Campo Grande

Uma família do bairro Jardim Colúmbia, em Campo Grande, reclamam dos constantes incêndios criminosos causados na região. A denúncia enviada nesta terça-feira (4), relata que a fumaça está prejudicando a saúde, principalmente, num período de seca e sem previsão de chuva na cidade. Uma moradora, que preferiu não se identificar, conta que os vizinhos costumam […]

Karina Campos Publicado em 04/08/2020, às 13h50 - Atualizado às 13h53

(Foto: Leitor Midiamax)
(Foto: Leitor Midiamax) - (Foto: Leitor Midiamax)

Uma família do bairro Jardim Colúmbia, em Campo Grande, reclamam dos constantes incêndios criminosos causados na região. A denúncia enviada nesta terça-feira (4), relata que a fumaça está prejudicando a saúde, principalmente, num período de seca e sem previsão de chuva na cidade.

Uma moradora, que preferiu não se identificar, conta que os vizinhos costumam incendiar terrenos baldios que acumulam lixo. Morando há 7 anos no local, ela comenta que todo dia precisa limpar os móveis e a varanda, por conta das cinzas.
“Eu tenho uma bebê de 1 ano, e essa fumaça é super prejudicial pra ela e pra todos, pois tomou conta da casa”, disse.

Denúncia

A multa para queimadas urbanas pode chegar a R$ 100 mil. Vale ressaltar, que o Estado está passando por um período de estiagem, e segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), não tem previsão para chuva durante todo o mês de agosto.

A prefeitura de Campo Grande abriu um canal para atendimentos em casos de terrenos baldios o disque denúncia é o 156, para flagrantes de moradores ateando fogo em vegetação, a Guarda Municipal pode ser acionada pelo telefone 153.

Jornal Midiamax