Cotidiano

‘Tudo leva a crer’, diz Secretaria de Saúde sobre 2ª morte por coronavírus em MS

Na live para divulgação do boletim epidemiológico do coronavírus na manhã desta segunda-feira (6), o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende indicou que há fortes evidências de que a morte de Sônia Regina dos Santos, de 66 anos, tenha sido por Covid-19. Ela era moradora em Batayporã e estava internada no Hospital Regional de Nova […]

Renata Portela Publicado em 06/04/2020, às 11h20 - Atualizado em 17/07/2020, às 23h44

None

Na live para divulgação do boletim epidemiológico do coronavírus na manhã desta segunda-feira (6), o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende indicou que há fortes evidências de que a morte de Sônia Regina dos Santos, de 66 anos, tenha sido por Covid-19. Ela era moradora em Batayporã e estava internada no Hospital Regional de Nova Andradina.

“Todas as evidências mostram que seria a segunda morte por coronavírus”, disse Resende sobre o caso que ainda é investigado. Sônia morreu na madrugada desta segunda-feira e estava internada com sintomas respiratórios graves. “Pedimos a repetição do exame, que está sendo feita neste momento no Lacen, além do teste rápido”, afirmou o secretário.

Ao Jornal Midiamax, anteriormente a SES (Secretaria Estadual de Saúde) informou que investiga a morte da paciente suspeita de coronavírus. Um exame teria sido feito em 31 de março pelo Lacen em Campo Grande, mas foi inconclusivo. O Lacen agora realiza outro exame para coronavírus.

Também de acordo com a SES, a paciente estava em isolamento no Hospital Regional de Nova Andradina desde o dia 27 de março, quando deu entrada. A investigação da secretaria apontou que ela teve sintomas após retornar de uma viagem para São Paulo a trabalho. Ela tinha hipertensão arterial.

Jornal Midiamax