Cotidiano

Técnico de saúde há 22 anos no Hospital Regional morre de coronavírus

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul divulgou, nesta terça-feira (3), uma nota de pesar lamentando a morte do servidor Mário Montania Acunha, de 68 anos, que perdeu a vida em decorrência da Covid-19, o novo coronavírus. O técnico de saúde trabalhava na unidade há 22 anos. Nascido em Ponta Porã, o comunicado ressalta […]

Karina Campos Publicado em 03/11/2020, às 16h47 - Atualizado às 16h54

(Foto: Divulgação /Hospital Regional)
(Foto: Divulgação /Hospital Regional) - (Foto: Divulgação /Hospital Regional)

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul divulgou, nesta terça-feira (3), uma nota de pesar lamentando a morte do servidor Mário Montania Acunha, de 68 anos, que perdeu a vida em decorrência da Covid-19, o novo coronavírus. O técnico de saúde trabalhava na unidade há 22 anos.

Nascido em Ponta Porã, o comunicado ressalta o bom humor de Mário diariamente com os colegas de trabalho, desde 1998. Com vários outros funcionários atuando na linha de frente ao combate da doença, nota relembra que pandemia ainda não está no fim e coronavírus ainda está matando.

“Mario era um companheiro querido e sempre de bem com a vida. Se algum colega questionasse como que ele estava, respondia com um humor incrível:  ‘Se estive melhor, não me lembro’. Registramos a quarta morte de colaboradores por Covid-19 e esse número parece não estar perto do fim. Pedimos a todos que contribua com a saúde pública. ”

Embora a redução na curvatura de casos de vírus, os números ainda somam. Conforme os boletins epidemiológicos, apenas hoje, foram confirmados mais 138 casos e 3 óbitos, em Mato Grosso do Sul. A média móvel é de 354 positivos por dia.

Ao todo, desde o início do ano foram 83.022 casos confirmados; 77.878 estão sem sintomas e já estão recuperados; 3.268 estão em isolamento domiciliar; 264 estão internados; e 1.612 mortes pela doença.

Durante a atualização dos números, o secretário da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Geraldo Rezende, alerta para a falsa sensação de que a pandemia acabou.

Jornal Midiamax