Cotidiano

Porto Murtinho é a segunda cidade de MS a decretar toque de recolher

A Prefeitura de Porto Murtinho, mesmo sem ter nenhum caso confirmado do novo coronavírus, o Covid-19, decretou toque de recolher a partir desta sexta-feira (20). No texto publicado em seu Diário Oficial, a população não estará podendo circular pela cidade entre os horários das 20h às 5h da manhã do dia seguinte. A medida foi […]

Vinícius Costa Publicado em 20/03/2020, às 14h37 - Atualizado às 18h00

(Foto: Divulgação, Prefeitura de Porto Murtinho)
(Foto: Divulgação, Prefeitura de Porto Murtinho) - (Foto: Divulgação, Prefeitura de Porto Murtinho)

A Prefeitura de Porto Murtinho, mesmo sem ter nenhum caso confirmado do novo coronavírus, o Covid-19, decretou toque de recolher a partir desta sexta-feira (20). No texto publicado em seu Diário Oficial, a população não estará podendo circular pela cidade entre os horários das 20h às 5h da manhã do dia seguinte.

A medida foi adotada após considerar algumas orientações do Ministério da Saúde e da OMS (Organização Mundial da Saúde), que recomendou que as pessoas não saiam de casa evitando aglomerações e a disseminação do vírus.

“As medidas previstas neste Decreto poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação
epidemiológica do município”, diz trecho do decreto.

A primeira cidade de Mato Grosso do Sul a decretar o toque de recolher foi Sidrolândia, que está com um caso confirmado da doença. O decreto com o adoção da medida deve ser publicado somente na segunda-feira (23).

Casos confirmados

Dos nove casos confirmados de coronavírus em Mato Grosso do Sul, oito são em Campo Grande e um em Sidrolândia. O caso confirmado em Sidrolândia é de uma mulher de 42 anos, que teria feito uma viagem à Europa.

Jornal Midiamax