Cotidiano

Cápsula ‘anti-corona’ é criada em MS para transportar pacientes com suspeita da doença

Pacientes com suspeita de coronavírus agora serão transportados em uma cápsula de segurança, feita pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Aquidauana, a 143 quilômetros de Campo Grande, cidade que já tem 616 casos confirmados e 19 mortes. A cápsula foi criada artesanalmente, mas com especificação técnica de segurança em saúde. O equipamento […]

Dayene Paz Publicado em 08/08/2020, às 09h09 - Atualizado às 12h26

 Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação - Imagem: Divulgação

Pacientes com suspeita de coronavírus agora serão transportados em uma cápsula de segurança, feita pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Aquidauana, a 143 quilômetros de Campo Grande, cidade que já tem 616 casos confirmados e 19 mortes. A cápsula foi criada artesanalmente, mas com especificação técnica de segurança em saúde.

O equipamento – feito de cano PVC e cobertura de plástico -, serve para proteger o paciente e também a equipe de saúde, evitando que gotículas produzidas pelo paciente atinjam a equipe, o interior da viatura e o que estiver à sua volta, reduzindo o potencial de contaminação.

A ideia da capsula já é utilizada pelo Samu de Palmas e em Brasília. “Agora com a capsula, nossa segurança aumentou nos atendimentos da Covid-19 e também fica mais ágil a higienização da viatura”, afirmou a coordenadora municipal do Samu, Maria Irene.

A iniciativa da capsula surgiu após a dificuldade da equipe em fazer toda a higienização da ambulância depois de carregar suspeitos da doença no veículo. “Vimos que o processo de limpeza da viatura era muito demorado, as vezes ficávamos inoperante por uma hora para realizar a descontaminação da ambulância, hoje, a higienização com a cápsula dura em média 20 minutos”, disse o técnico em enfermagem, Héverton Bastos.

Além da capsula, o Samu também fez o envelopamento de uma das suas viaturas de Suporte Básico de Vida, que está direcionada para atendimento de casos suspeitos e confirmados de coronavírus.

De acordo com o último boletim divulgado pela prefeitura, Aquidauana tem 2.459 casos notificados de coronavírus, sendo 616 confirmados; 1.456 casos descartados; 387 amostras no Lacen; 19 óbitos e 220 recuperados.

Jornal Midiamax