MS atinge 115 casos de coronavírus com 7 pacientes na UTI e 46 isolados em casa

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou nesta terça-feira (14) que são 115 os casos confirmados do coronavírus, o Covid-19, em Mato Grosso do Sul, com 46 pessoas em isolamento domiciliar e 7 pacientes na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O Estado registra transmissão comunitária, ou seja, quando o contágio não acontece mais apenas em […]
| 14/04/2020
- 15:13
MS atinge 115 casos de coronavírus com 7 pacientes na UTI e 46 isolados em casa
Foto: Reprodução. - Foto: Reprodução.

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou nesta terça-feira (14) que são 115 os casos confirmados do coronavírus, o Covid-19, em Mato Grosso do Sul, com 46 pessoas em isolamento domiciliar e 7 pacientes na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O Estado registra transmissão comunitária, ou seja, quando o contágio não acontece mais apenas em contato com casos confirmados.

Com isso, há necessidade de se intensificar o . “É um remédio amargo, mas precisamos ficar em casa. Não vamos isolar o Estado, porque existem cidades pequenas, com 10 mil habitantes, que não tem casos. Mas se forem registrados, vamos tomando as medidas necessárias, conforme for evoluindo. Estamos acompanhando”, informou o secretário de Governo .

Geraldo Resende, secretário de Saúde, destacou que as medidas de isolamento precisam ser cumpridas pela população para que não aumentem os casos e que os hospitais tenham capacidade para atender os casos.

Christinne Maymone, secretária-adjunta de Saúde, explicou que os casos aumentaram 4,8 no período em relação a abril, que eram de 2,7 casos ao dia.

Nesta terça até às 10h são 997 casos notificados, sendo 18 em investigação, 115 confirmados, 843 descartados, 21 excluídos e 4 mortes. De ontem para hoje, houve aumento de 2 casos. São duas mulheres de Dourados que estão em isolamento domiciliar.

Do total, 46 seguem em isolamento em casa, 39 finalizaram a quarentena e estão sem sintomas e 15 pessoas estão em hospitais do Estado, sendo 6 em leitos públicos e 9 em privados. 7 pacientes estão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O boletim também aponta que há aumento na quantidade de casos entre os idosos, destacando a importância do isolamento dessas pessoas. “Se tiver alguém para fazer compras para você que é idoso, é melhor. Evite sair de casa”, destacou a secretária-adjunta.

São 54 confirmações em Campo Grande, 11 em Três Lagoas, 10 em Nova Andradina, 9 em Sonora, 9 em Dourados, 6 em Chapadão do Sul, 6 em Batayporã, 2 em Paranaíba e um caso por cidade em Rio Verde de Mato Grosso, Coxim, Alcinópolis, Corumbá, Ponta Porã e Sidrolândia.

Casos de fora

Apesar de estarem em Mato Grosso do Sul, duas pessoas do sistema prisional que estão em Miranda e um médico paraguaio internado em Dourados contam como casos de fora, porque a contaminação deles teria acontecido em São Paulo e no Paraguai, respectivamente.

“Nós informamos a autoridade sanitária dos locais e eles computam os casos por lá”, disse Resende. Por isso, MS segue com 15 municípios com registros de casos, apesar dos detentos estarem em Miranda, que ainda não aparece no mapa com casos confirmados.

Em 24 horas, 62 exames deram negativos em Mato Grosso do Sul por conta do atendimento do drive-thru, que realiza exames na sede dos Bombeiros no Centro, com agendamento prévio.

 

Veja também

Um caminhão caçamba transportando com uma pá carregadeira

Últimas notícias