Cotidiano

Mais dois indígenas são vítimas fatais do coronavírus em Aquidauana

Pelo menos dois indígenas de aldeias distintas figuram entre as novas vítimas pelo novo coronavírus em Aquidauana, a 140 quilômetros de Campo Grande. O boletim epidemiológico foi divulgado na tarde desta segunda-feira (24) pela secretaria de saúde do município, que conta com 39 óbitos registrados até o momento, 20 sendo indígenas. A primeira vítima é […]

Vinícius Costa Publicado em 24/08/2020, às 18h31

Agência Brasil
Agência Brasil - Agência Brasil

Pelo menos dois indígenas de aldeias distintas figuram entre as novas vítimas pelo novo coronavírus em Aquidauana, a 140 quilômetros de Campo Grande. O boletim epidemiológico foi divulgado na tarde desta segunda-feira (24) pela secretaria de saúde do município, que conta com 39 óbitos registrados até o momento, 20 sendo indígenas.

A primeira vítima é um homem, de 52 anos que estava internado em Campo Grande e pertencia à Aldeia Bananal. Ele veio a óbito no dia 8 de agosto após sofrer complicações da doença, mas o resultado conclusivo que identificou a doença só foi liberado nesta segunda.

O segundo óbito é de um homem, de 48 anos e morador da Aldeia Morrinho, que veio a óbito no dia 18 de agosto e tinha diabetes como comorbidades. Ele cumpria isolamento domiciliar, mas acabou falecendo em sua residência. O resultado também foi divulgado nesta segunda pela SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Ainda há duas mortes em investigação que são de moradores de Aquidauana, mas que estavam internadas em Campo Grande. A confirmação deverá sair ao longo da semana, de acordo com a secretaria de saúde do município.

Aquidauana registra 4.278 casos notificados, deste 1.300 foram confirmados e outros 188 amostras estão em análise no Lacen (Laboratório Central). Do número total, 1.031 pessoas estão recuperadas da doença.

Jornal Midiamax